Gentinha descolada e a temática dos cupcakes

A vida tem suas modinhas e os bacanas nunca são tão bacanas sem elas. Vai da estética old school do Instagram ao technicolor. Dos ursinhos fofuchos que mostram o dedão mal educado ao mini mini wow (homenagem ao Também sou hype, de Hermes e Renato!)! Mas, hoje, o papo é sobre cupcakes. Tatuagens, grafismos, posteres e o diabo a quatro já exploraram a estética dos mini bolos. Foi nessa onda que nasceu a Johnny Cupcakes, que faz tudo, menos cupcake. São camisetas, buttons, bonés e outros acessórios. Tudo com zero gordura, zero carboidrato e zero açúcar! Os caras não são geniais, no quesito estética, mas fizeram uma loja super bem humorada em Los Angeles, que vale a pena acessar o site e dar uma viajada. Particularmente, gostei da proposta da parede de fornos. Ninguém reinventou a roda, mas quem disse que coisas legais precisam ser vanguarda?

A transformação das garrafinhas de água

Garrafas de água são algo muito prático, mas um pé no saco para encher em alguns tipos de bebedouros e para consumir o finzinho da água da garrafa pra pessoas como eu, com nariz LEVEMENTE avantajado. Ou você desloca o pescoço virando a garrafa ao infinito, no melhor jeito caçamba de ser, ou desiste do restinho de água que resta lá. Com o melhor que o design pode oferecer para a vida das pessoas, os designers Hsu Hsiang-Min, Liu Nai-Wen & Chen Yu-Hsin pensaram em ajustar o bocal, fazendo uma alteração simples, mas que faz toda a diferença. Nada de apoteótico, mas genial pela essencialidade da solução. A merda é encontrar esse tipo de garrafa no Brasil. Mas, convenhamos, só o fato da ideia ter nascido, já abre as portas para que empresas se liguem e comecem a apostar nesse tipo de inovação.

Um basta na cretinice da cozinha

Minha gente, sou um grande fã e consumidor de design e acredito que a beleza tem um papel de compensar as merdas da vida. Dias atrás, comecei a analisar os utensílios da minha cozinha e deu vergonha da quantidade de louças diferentes e velhas que tenho por lá. Uns quatro modelos de pratos, talheres baratos, muitos copos que não conseguem estabelecer um diálogo entre si, panelas meia-boca, falta de alguns utensílios e, principalmente, nenhum espaço pra organizar essa zona toda. Uma compilação que a vida se encarrega de avacalhar, caso você não dê o mínimo de atenção.

Para ordinários como eu, fiz uma compilação de algumas peças de design do mundo da gastronomia, entre elas, predomina a assinatura de Philippe Starck, um “pica grossa” do universo do design. Tudo pra lembrar que a cozinha também precisa de alguma dignidade e estilo, porque somos movidos pela boa refeição e não existe isso sem bons objetos associados. Dá uma conferida, mas não coloque fogo em casa.

Formas inusitadas inspiram e criam uma atmosfera toda especial.